Gabriel Horsth

Gabriel Horsth

coord. de comunicação

Livro ‘Teatro das Oprimidas’ de Bárbara Santos é relançado no Centro de Teatro do Oprimido, Lapa, Rio de Janeiro

O evento celebra o Dia do Teatro das Oprimidas e a vida de arte e ativismo feminista antirracista da autora

Data

O Centro de Teatro do Oprimido (CTO) será o palco do lançamento do livro “Teatro das Oprimidas – estéticas feministas para poéticas políticas”, de Bárbara Santos, em edição especial, revisada e atualizada, pela Casa Philos. O evento acontece no dia 16 de outubro, às 18h, na sede do CTO, Lapa, Rio de Janeiro, com apresentações artísticas de grupos de mulheres. A versão em inglês será lançada pela Universidade do Texas, em Austin, nos EUA, no dia 23 de outubro. E a versão em espanhol, será apresentada na cidade de Puebla, México, durante o VI Encontro Latino Americano de Teatro do Oprimido, no dia 04 de novembro.

Esta edição especial do livro, amplia o vasto repertório de exercícios, jogos e técnicas originais, além de adaptações brilhantes baseadas no Teatro do Oprimido, metodologia desenvolvida por Augusto Boal. O livro não apenas descreve a metodologia do Teatro das Oprimidas, mas também compartilha experiências práticas de grupos teatrais em todo o mundo que multiplicaram com sucesso suas inovações.

O lançamento coincide com a comemoração do Dia Estadual do Teatro das Oprimidas, aprovado pela ALERJ por iniciativa da Deputada Estadual Renata Souza. A data, 15 de outubro, é também o aniversário da autora Bárbara Santos, que estará comemorando seu 60º aniversário durante o evento. A festa será recheada de música envolvente e um verdadeiro deleite culinário com o Acarajé da Ivonete.

Festival do Rio 2023

E de 5 a 15 de outubro, Bárbara Santos estará no Festival de Cinema do Rio, com o filme QUARTA-FEIRA, média metragem musical, que marca sua estreia como cineasta. O filme aborda a brutalidade policial no Rio de Janeiro e foi produzido na Alemanha, inteiramente rodado nos estúdios da renomada Universidade de Cinema de Babelsberg KONRAD WOLF, com elenco de brasileiros residentes em Berlim, sendo co-dirigido por Bárbara Santos e João Pedro Prado. Depois de ter sido ovacionado por sua linguagem inovadora na BERLINALE – Festival Internacional de Cinema de Berlim, o filme integra a programação do Festival do Rio, tendo exibições agendadas para os dias 12 (Gávea) e 13 (Botafogo) de outubro.

O livro

O livro em si é uma obra-prima que mergulha profundamente nos processos investigativos iniciados em 2010, por Bárbara Santos. A obra explora os desafios, as descobertas e o desenvolvimento prático de uma metodologia teatral que aborda as interseções entre gênero, raça e classe desde uma perspectiva estrutural. 

Além disso, o livro destaca a atuação da Rede Ma-g-dalena Internacional – RMI, composta por grupos teatrais e artistas-ativistas da América Latina, Europa e África, que trabalham juntos para garantir e ampliar direitos, especialmente no contexto de produção artística e ativismo. Este movimento feminista busca eliminar o desequilíbrio de gênero nas posições de liderança e destaque na arte, principalmente o teatro.

A autora

Bárbara Santos é uma figura multifacetada no mundo das artes e do ativismo. Sua trajetória inclui ser dramaturga, diretora, atriz, kuringa, autora, poeta/melodista, roteirista, cineasta, escritora, pesquisadora e ativista feminista-antirracista-decolonial-comunitária. Ela participou como atriz do filme “A Vida Invisível”, que ganhou o grande prêmio no Festival de Cannes em 2019. Bárbara é diretora artística do espaço teatral KURINGA e do grupo Madalena-Berlim, em Berlim, Alemanha; consultora do Centro de Teatro do Oprimido, onde já foi coordenadora e trabalhou com Augusto Boal durante 20 anos. É editora da revista METAXIS e diretora artística dos grupos Cor do Brasil, Madalena-Anastácia e da Cia Teatral CTO, no Rio de Janeiro, Brasil; e é fundadora da Rede Ma-g-dalena Internacional de Teatro das Oprimidas. Sua atuação artística inclui experiências diversas em mais de 40 países.

Esta terceira edição do livro “Teatro das Oprimidas” não é apenas um lançamento literário, mas uma celebração da vida e do legado de Bárbara Santos, cuja influência e impacto continuam a ressoar nos campos do teatro, do cinema e do ativismo comunitário em todo o mundo. O evento mergulha no universo de criatividade e inspiração de Bárbara Santos, celebrando sua contribuição vital para a transformação do mundo através da arte.

Programação
18h às 22h

Abertura com venda do Acarajé da Ivonete
Filme “Anastácia em Des-mordaça” com direção de Bárbara Santos
Performances artísticas
Apresentação do livro pela autora
Conversa com o público
Sessão de autógrafos
Festa com música ao vivo e DJ

Serviço

Evento: Lançamento do livro “Teatro das Oprimidas – estéticas feministas para poéticas políticas”
Data: 16 de outubro, segunda
Horário: 18h às 22h
Local: Centro de Teatro do Oprimido
Endereço: Av. Mem de Sá, 31 – Lapa, RJ
Gratuito

outras
notícias