Coletivo MaréMoTO faz temporada de apresentações com a peça “Identidade”

A peça apresenta o processo da construção de identidade para além de oposições binárias, onde corpos marginalizados pelo modelo heteronormativo-branco se tornam o centro de sua própria história

Por Brenda Cristiny – Centro de Teatro do Oprimido, Rio de Janeiro
22/09/2022 – 18:00

O coletivo MaréMoTO ligado ao Centro de Teatro do Oprimido, através do projeto Teatro das Oprimidas entra em temporada de apresentações com a obra de Teatro-Fórum “Identidade”. As apresentações acontecem de 20 a 30 de setembro e passam pelo Centro de Estudos e Ações Solidárias da Maré (CEASM), no Morro do Timbau, além da Universidade Federal Fluminense (UFF), na programação do evento “I Semana de Pedagogia”, e finaliza na sede do Centro de Teatro do Oprimido, na Lapa. A peça apresenta o processo da construção de identidade para além de oposições binárias, onde corpos marginalizados pelo modelo heteronormativo-branco se tornam o centro de sua própria história. Retrata-se os desafios e as estratégias de ser pessoas negras e LGBTIQIA+, protagonistas da luta contra a intolerância, reafirmando existências através do afeto.

O processo é fruto de experiências investigativas com Teatro do Oprimido e o Teatro das Oprimidas, a construção nasce de forma coletiva partindo das urgências do coletivo Utilizando a técnica do Teatro Fórum, o objetivo é fomentar espaços de diálogos com diferentes plateias sobre uma temática pouco visibilizada, construindo possíveis alternativas. O elenco conta com Bruno Santiago, Marcelo Heleno Danta, Nlaisa Luciano e Reni Vigna.

As ações do projeto Teatro das Oprimidas do CTO tem patrocínio da Petrobras e da Secretaria Estadual de Cultura e Economia Criativa do Rio de Janeiro, através da Lei Estadual de Incentivo à Cultura.

SERVIÇO:

Quando: 20 de setembro 

Horário: 19h30

Local: CEASM – Rua dos Caetés, 7 – Morro do Timbau. 

Grátis

Quando: 23 de setembro 

Horário: 19h

Local: UFF – R. Prof. Marcos Waldemar de Freitas Reis, 201 – São Domingo, Niterói 

Grátis

Quando: 30 de setembro 

Horário: 17h

Local: CTO – Av. Mem de Sá, 31 – Lapa 

Grátis

SOBRE O ESPETÁCULO

Somos Maré, água, ondas, movimentos. Cada integrante é como uma placa tectônica. Nossos movimentos, através do teatro, criam ondas revelando opressões, permitindo a reflexão crítica e desconstruindo ideias enraizadas. Com essa metáfora nasceu o MaréMoTO (Maré em Movimento do Teatro do Oprimido), em 2014 e até hoje carregamos uma história de pertencimento, luta, trajetórias e arte. Integrado por pessoas negras, LGBTQIA+ e faveladas, nossa trajetória é composta por performances e peças teatrais que evidenciam as opressões atravessadas por essas transversalidades. 

SE GOSTOU DO CONTEÚDO, COMPARTILHE!